sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Ton Up: BMW K1100 Cafe Racer

Que trabalho digno de tirar o chapéu: A Oficina Italiana De Angelis Elaborazioni pegou uma velha e feiosa BMW K 1100 e transformou ela nessa bela "Cafe Racer". Veja as imagens e tire as suas próprias conclusões...

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Receitinha de sucesso: Cafe Drags

A ideia de alongar uma moto a principio combina mais com uma chopper do que com uma Cafe Racer.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Garagem: 4 anos de portas abertas

Chega o mês de Janeiro e eu, perdido no meio da correria e dos desafios do novo ano, quase esqueço que hoje o Garagem completa 4 anos. Mais do que agradecer, permito-me escrever pensamentos que me vem a cabeça, lembrando do cara que eu era há 4 anos.
A seção Cafe Racer na Prática deu uma dimensão que nunca iria imaginar
Falar que eu não tinha nenhuma grande pretensão seria chover no molhado: Na verdade naqueles anos tinha terminado um relacionamento e tinha algum tempo livre de sobra, descobri sites como o Bike Exif, e o estilo de motos clássicos e as Cafe Racers (que curtia desde a minha adolescência) voltaram a povoar o meu coração e então resolvi ter um blog, para escrever por diversão e com a desculpa de aprender a dominar a ferramenta blogger. 
Minha "primeira vez em São Paulo" Mudei muito de lá pra cá...
E ai é que as coisas foram acontecendo, as visitas aumentando e fui conhecendo cada vez mais gente e fazendo amigos. Essa é a parte bacana de tudo, é que nos faz seguir em frente. Apesar que por mais de uma vez a vida exija mais foco em outros campos. E o Garagem por algumas vezes ficou um pouco em segundo plano...
São Paulo, 2015
O ultimo ano para muitos foi um ano difícil para muitos. Cito o artigo que o Bayer do Old Dog Cycles, onde o mesmo relata que se sentia mal em falar sobre algo até certo ponto supérfluo. Eu mesmo me peguei pensando sobre isso, e sobre toda a merda que um projeto pode proporcionar. Mas cheguei a conclusão que não podemos parar de sonhar, e talvez esse seja o maior legado do Garagem: Continuar estimulando e ajudando os leitores a sonhar e também realizarem os seus sonhos, apesar de vivermos um momento complicado.
Falando em realizar sonhos, espero que nesse ano eu conclua o meu projeto, que devido a  outras prioridades acabou literalmente empacando na oficina. Resolvi então simplificar o processo todo, seguindo um projeto que lembra um pouco o aí de cima, que desde "sempre" me agradou muito. Eu sei que pelo fato de ser blogueiro a pressão por um projeto inovador existe, mas sinceramente não estou com grana, nem tempo e muito menos saco pra "burrocrácia gaúcha". Minha moto vai ser realmente usada, então vou manter as coisas mais ou menos originais na mecânica e mexendo no visual.
Resolvi mudar para 2017
Bem, daqui exatos 365 dias o Garagem vai estar completando os seus 5 anos. Tenho muito a agradecer por ter chegado aqui, em especial para o Reginaldo, que "abraçou a causa", aos amigos e moderadores do Cafe Racer Brasil (em especial ao Guilhes, pela nova logo) e o planejamento é que em 2017 tenhamos ainda mais novidades, tanto na linha editorial como na parte técnica. Agradeço também ao customizadores e proprietários que destinam um pouco do seu tempo, mandando material para cá. E o agradecimento final vai para você leitor, que não fosse a sua visita, nada disso estaria acontecendo. Valeu mesmo e nos vemos ao longo desse ano!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Honda CB500 SCR1 Scrambler - Bob's Garage Motorcycle Art

Se formos pesquisar sobre as motos com os melhores projetos de Cafe's, Brat's, etc, aqui no Brasil, com certeza o primeiro lugar será das CB's 400, há diversos projetos que corroboram essa afirmação.
Um modelo que tem surgido com belos projetos com certeza é a CB 500, uma moto mais moderna que a CB 400, mas graças ao talento de uma galera os projetos com essa moto tem sido de encher os olhos. De cabeça, cito a CB 500 Cafe Racer do Renato Frateschi e a CB 500 "Future Cafe" do Guilhes Damian.
Hoje, apresento-lhes mais um projeto para engrossar essa bela lista de projetos com a CB 500.
Linhas bastante agradáveis
Diferente da maioria dos projetos que seguem a linha Cafe ou Brat, essa 500 foi por um caminho pouco usual para o modelo seguindo a estética das Scramblers. Com certeza foi uma aposta, mas uma aposta que deu muito certo, graças a competência e talento da Bob's Garage Motorcycle Art, de propriedade de Roberto Homem de Mello, designer de produto há 20 anos e um apaixonado por motos que decidiu abrir seu próprio negócio.
Look Scrambler caiu muito bem na CB500
A história da moto começou quando o cliente da Bob's Garage queria uma Scrambler baseada em uma CB400, um motor de médio porte mas barato. Acontece que a moto tem uma tecnologia antiga que não agrada o dono. Mas tudo mudou quando o mesmo encontrou uma CB500 ano 1999, um modelo uns 15 anos mais novo que as CB's 400 que encontram-se viáveis para projetos.
Lanterna integrada ao banco
Mas antes de pegar a moto, o cliente consultou a oficina e pediu uma pré-visualização, o que foi prontamente atendido.
Aqui, vale um parágrafo à parte. Vejo muito projetos todos os dias, com diferentes níveis de sucesso, e isso não tem a ver apenas com o MEU gosto estético, tem a ver com diversos outros componentes, como harmonização das linhas, apuro estético, execução correta, entre outros detalhes. Dito isso, o que quero destacar é que essa pré-visualização é extremamente importante, seja feita no computador ou em um papel, ter um planejamento do projeto poupa tempo, dinheiro e muita dor de cabeça, para o cliente e para a oficina. Portanto, para alguns vai parecer redundante, para outros, balela, mas mesmo assim aconselho, invistam em aprender um pouco de design, tanto o teórico, como o prático, aprenda a desenhar à mão ou no Photoshop, onde a curva de aprendizado é um pouco mais curta. Os clientes agradecem e as oficinas só ganharão com isso.
A já clássica CB 500

Primeiro sketch, feito à mão

Pré visualização no Photoshop, o resultado final ficou ainda melhor
Após eu divagar, voltamos ao projeto em si. A traseira foi modificada, os pneus "cravudos" substituíram os originais, as rodas foram trocadas por um modelo raiado, modelo este que precisou de cubos adaptados para a instalação dos espaçadores e transmissão. O banco é uma peça completamente nova, com bastante espuma até. Normalmente esses projetos tendem a ter um fiapo de espuma que é o sofrimento dos glúteos alheios.
Farol pintado de preto fosco com a grade fininha, discreto.
Em apenas 45 dias o projeto se desenvolveu inteiramente o que ao meu ver é bem rápido.
Nesse tempo a moto foi pintada com um cinza fosco que achei belíssimo, combinando com todo o trabalho de couro envelhecido na cor marrom deu um charme rústico a moto.
O tanque e a tampa lateral foram pintados. Reparem que essa tampa foi pintada só metade de sua área, o que ajudou a dar uma nova linha lateral para a moto.
Para lamas curtinho e bem acabado
Mais itens que foram alterados, o para lamas dianteiro curtinho e pintado em cinza fosco também, o suporte de placa e da lanterna também foram refeitos. A lanterna fica abaixo do banco, integrada de forma bastante agradável.
A ponteira e sua proteção bastante interessante
O escape é um modelo totalmente novo e recebeu uma grelha de proteção feita à mão.
O tanque ganhou um apoio de joelhos no mesmo couro do banco que também encapa as manoplas do guidão. O farol ganhou uma grelha fina, bastante sutil, mas que compõe o visual da moto.
A manopla encapada com o couro envelhecido. Elegante
O projeto da Bob's Garage Motorcycle Art ficou muito bonito e diferente do que se costuma ver com as CB's 500, isso é sempre bom, ver que tanto clientes quanto oficinas estão experimentando mais. Quanto mais ousadia, melhor, todos ganham!
Um ótimo projeto para se inspirar
E um agradecimento ao Renato Frateschi da Frateschi Garage que ajudou nesse projeto dividindo conhecimento com o Roberto. Incentivamos sempre essa troca de informações. Sendo um pouco cliché, vamos somar, não dividir!
E fiquem com fotos do processo de fabricação de alguns detalhes dessa CB500 Scrambler.

Contato da Bob's Garage Motorcycle Art
https://www.facebook.com/bobsgaragemotorcycleart/
@bobsgaragemotorcycleart
Tel: (47) 999717060















quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Honda CB 250 1976 - Blackbean Motorcycles

A alemã Blackbean Motorcycles ainda é desconhecida do grande público amante das customizadas comparando-a com uma Old Empire, Uma Deus, uma CRD, etc.
Mas se depender dos seus projetos mais recentes, em especial essa CB250 que mostro-lhes hoje, logo, logo serão uma uma customizadora das mais célebres.
Motor 2 cilindros bonitão
Obviamente a base é ótima, uma CB 250 ano 1976, muito diferente da maioria das motos que temos aqui, é uma base mais "amigável", mas ainda sim é uma moto velha, portanto a primeira ação foi uma revisão completa no motorzinho de 2 cilindros.
Tanque pintado num belo tom de verde com o logo da Blackbean Motorcycles
O processo seguinte foi o de atualização, como o do sistema elétrico, e a customização em si.
O belo tanque é original da moto e igual ao da CB 360 que ganhou uma nova pintura e o logo da Blackbean impresso em relevo.
O belo conjunto com o banco, quadro, setas e lanternas
O banco é uma bela peça encapada com couro marrom envelhecido que acompanha o chassi retrabalhado. Chassi este que é sustentado por duas belas e modernas molas com regulagens.
Toda a instrumentação é muito bem acabada e com peças bonitas
Os garfos subiram alguns centímentros e a moto ganhou um semi guidão para uma posição de pilotagem mais agressiva. Manoplas novas e piscas de ponta de guidão, que são peças que acho muito elegantes embelezam o cockpit.
Um belo conjunto sem dúvidas
O farol e para lamas dianteiro são peças bonitas, mas que para o meu gosto são o único ponto que eu alteraria com certeza. Não gosto desse tipo de farol bullet enorme e para mim não combina com o perfil delgado da moto. O para lamas também, é muito grande e com certeza tiraria uma grande porção da parte inferior do mesmo.
Escapes e pneus clássicos
A seta traseira é diferente da dianteira, não só por conta do óbvio ponto de fixação, como também pelo modelo utilizado e estão à frente das molas traseiras. As lanternas também são diferentes do usual, sendo duas peças uma de cada lado e próximas das setas, algo parecido com o modelo de lanterna que equipa as Harley's 883, mas sem o pisca integrado.
Suporte de placas na lateral com design interessante
Os pneus são os clássicos e cobiçados Firestone Avon que embelezam qualquer projeto. A moto também teve as pedaleiras recuadas e o suporte de placa deslocado para a lateral da moto. A bateria foi realocada para a parte inferior do motor, ficando quase invisível.
Com certeza merece uma bela sessão de fotos. Arte sobre rodas (Eu sei, é uma frase cliché...)
Há muitos detalhes nessa moto para se apreciar e é seguro dizer que este é um projeto belíssimo e de muito bom gosto.
Espero ver muitos outros projetos da Blackbean Motorcycles. Inspiração pura!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Fifty Riders Lifestyle

Quem curte motos, normalmente curte um estilo diferenciado de roupas.
Quem curte então motos customizadas, kustom kulture, gosta de roupas com uma identidade ainda mais singular.
O modelo é ó... uma m... mas a camiseta e o boné são show
A Fifty Riders tem esse conceito de Lifestyle bastante enraizado em seus produtos e desde 2012 vem trazendo produtos bem legais para quem gosta de se vestir de acordo com essa linguagem da kustom kulture.
Este que vos escreve é cliente a alguns anos, sendo que minha primeira camiseta sobre o assunto Cafe Racer foi comprada deles.
Meu kit, adoro essa cor burgundy (vinho para os menos frescos)
A Fifty Riders é baseada no Paraná, Estado esse que tem uma cena muito interessante de customizadores, eventos, entusiastas, etc.
Os caras da Fifty sabem disso e apoiam a cena local sempre que possível. É como deve ser, um apoiando o outro.
Essa deve ser minha próxima aquisição
Alguns dos produtos deles está representado aqui nas fotos dessa singela matéria.
Também tirei algumas fotos com os produtos que recebi gentilmente para essa matéria.
Os produtos da Fifty Riders se concentram em camisetas e bonés principalmente.
Produtos bacanas que me inspiraram em um rabisco
Como podem ver na imagem acima, a Fifty também tem canecas com a marca.
Obviamente uma caneca não seria algo a se mencionar se não fosse por alguns detalhes.
Primeiro, eu curto canecas e isso por si só me faz falar delas, segundo, essas são de metal. Canecas bacanas geralmente são de porcelana e quebram muito facilmente. Essas são de metal esmaltado, ideiais para levar numa Trip legal, tomar um café, (ou chá no meu caso...).
"Cafe Racer Lifestyle"
Os produtos são de qualidade e tenho-os usado já faz mais de um mês (não direto, tomo banho e lavo a roupa, hehe), o tecido é durável e confortável e após algumas lavagens não perdeu a cor nem encolheu ou laceou.
Canecas bonitas e úteis
Concluindo, a Fifty Riders é uma empresa 100% brazuca e que apoia a cultura custom, sou cliente e recomendo!
Simplicidade nas estampas. Menos é mais


http://www.fiftyriders.com.br/
http://www.fiftyriders.com.br/loja/
Tecnologia do Blogger.