quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Intruder 250 Cafe Racer by Kleber Bertoldo

Quando essa Intruder 250 apareceu a venda no mercado livre, logo se tornou assunto nas comunidade Rocker Brasiliera e já apresentei a moto brevemente na 2ª postagem sobre as Intruders Cafe Racer. Agora chegou a hora de conhecer melhor a moto, que é criação do Kleber Bertoldo.

A moto foi feita pela antiga oficina Garagem 13, sendo que essa Intruder 250 foi uma das ultimas criações da oficina. Kleber afirma que a escolha da moto se deu por ser uma moto com amortecedores bichoque e também por ainda haver uma relativa fartura de peças para essa moto. Nas palavras do dono da moto:

"o motivo da escolha simplismente sao os amortecedores traseiros, que tem uma caracteristica marcante nas cafes e a manutencao e disponibilidade das peças no mercado. As outras motos de hoje, estao usando a balança pro-link e isso definitivamente eu nao estava afim de fazer. para nao descaracterizar o estilo (Cafe Racer). Acabei optando pela intruder pela manutencao, por ser uma moto japonesa de qualidade, e que voce ainda encontra peças no mercado com facilidade."

Assim sendo, o trabalho consistiu em modificar toda a traseira da moto, sendo que o chassi foi todo refeito nessa parte, como é visível nessa foto ai de cima. O Kleber explica mais sobre o processo de construção da moto:

" No inicio tínhamos  3 meses de prazo, mas que viraram 7 meses. A moto foi inteira desmontada, o quadro na parte traseira foi refeito, a bengala foi encurtada, tiramos toda "gordura" da moto para marcar a característica do estilo. Foram feitos desenhos e muitas referencias fotográficas do que podia dar certo. Todo esse processo, foi minuciosamente detalhado pelo construtor, com uma ajuda de um engenheiro para garantir a segurança e a dirigibilidade da moto. Visualmente a moto ganhou uma nova cor no frame para destacar a obra, e uma bela pintura no geral. Da moto antiga, apesar de estar muito bem cuidada pelo ex-dono, não sobrou praticamente nada, apenas parte do quadro, motor, e bengala, mesmo assim com modificações necessárias."

Se vê de cara que o objetivo de montar uma Cafe Racer no estilo clássico foi atingido. Essa moto ao olhar de um não iniciado, poderia passar por uma moto da época facilmente. Esse foi o objetivo da construção, e o Kleber fala mais sobre:

"Após todo esse processo de escolha da moto, fui estudar o estilo cafe e suas características, me apeguei a isso, porque eu vejo um grande problema nas motos customizadas no Brasil, ninguém é fiel ao estilo que escolhe, é tudo misturado, e a maioria das motos customizadas nem tem estilo, o dono compra algumas peças diferentes, paga caro e coloca na moto só porque gostou da peça. Outros nem terminam a moto, porque querem economizar algum dinheiro, e essa foi a segunda etapa do projeto: foi feito um calculo do gasto e ainda colocar uma margem para eventuais problemas na etapa de customização, que geralmente acontece."

Algumas peças foram importadas, como painel, piscas, espelhos... já as peças mais comuns, como pneus e rodas são nacionais.
Outra coisa bacana nesse projeto, é que dá gosto de ver os detalhes dessa moto, com um ótimo acabamento.
É uma moto muito bacana, de nível gringo e bacana por que buscou seguir a risca o estilo Cafe Racer clássico. E ainda está a venda. Bela forma de entrar no mundo Cafe Racer. Dê uma olhada no anúncio abaixo e faça a sua proposta:

16 comentários:

  1. SHOW DE BOLA DOUGLAS...PARABÉNS POR MAIS ESSE ESPLENDIDO POST !

    ResponderExcluir
  2. Caraca, show de moto heim! Um verdadeiro projeto CR.

    Parabéns pela a matéria, ficou sensacional!

    ResponderExcluir
  3. Grande Douglas. O site esta cada vez melhor. Parabens. Continua firme.

    ResponderExcluir
  4. Como fez para regularizar no DETRAN?

    ResponderExcluir
  5. Brother! Parabéns pela moto! Venho modificando motos a um bom tempo! Concordo plenamente com oq fala sobre ser fiel ao estilo! O pessoal pesquisa pouco pra chamar uma moto de café racer, chopper, bobber, rat style, brat style... Motos totalmente desformes, sem simetria nenhuma! ...a cb 400, coitadinha, vem sofrendo a anos disso! Tua moto é totalmente coerente a proposta e o segredo é a linha reta entre o banco e o tanque e a suspensão traseira não pode ser monochoque . Venho pensando em montar uma café, cb500 , cbx 200 estrada, a própria intruder e a sportster... ainda estou pesquisando! Grande abç

    ResponderExcluir
  6. amigo o tanque dela é da cg 89

    ResponderExcluir
  7. A respeito do tanque alguém tem mais informações sobre ele? Onde encontro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, o tanque da Hunter 90 da para fazer alguma coisa. Esse que ele usou aí eu não sei qual é. Abraço

      Excluir
  8. amigo qual a config dessas rodas cubo raio aro e tals

    ResponderExcluir
  9. amigo qual a config dessas rodas cubo raio aro e tals

    ResponderExcluir
  10. Muito show, cara. Congrats.

    ResponderExcluir
  11. Não consigo entender como tranformar esse guidão em cafe racer. Me refiro as bengalas. São cordadas? Porque o nivel de inclinação é muito grande, para acompanhar a linha tradicional da cafe racer tem que ser reta. Se alguem poder me ajudar.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.