quarta-feira, 28 de maio de 2014

DT 180 Cat by Madreas Custom

Personalidade. A tônica desse projeto felino feito pelo Madreas Custom, o qual já fez uma interessante CBX Strada que passou por aqui e que agora surpreende muito pela ousadia. Você pode até torcer o nariz para essa máquina, mas essa história é bacana demais para passar em branco.

Tudo começou quando um cliente, skatista chegou na oficina do Madreas querendo modificar a moto. Mas vou deixar que o próprio conte a história para você:

"Um cliente tinha essa DT e queria fazer uma motard com rodas de cb 300 tipo um "transformer" e eu com "todo carinho" disse: Esse tipo de customização não tem personalidade! Eu como gosto de gatos falei:  - Vamos fazer uma moto que se pareça com um gato. Ele duvidou, mas me deu carta branca. Eu disse que se ele não curtisse não precisava pagar"

Como você pode ver, a personalização desde o conceito, faz jus a ideia de ter algo único. A partir dai, o pai da criança meteu as mãos na massa, usando como referencia alguns projetos da Deus Ex Machina e das motos Hellcat. Então cortou o subchassi da DT e usou um shape de skate como banco, detalhe que combina com o dono da moto e também está se tornando um traço das customizações do Madreas.
Outro ponto de "atrito" que rolou na construção da moto, é que o dono queria um Pica-pau, por ser fã do personagem, no tanque. Mas o Madreas bateu o pé em relação a moto ser uma felina e homenageou os gatos Tom e Felix com um grafite no reservatório que era de uma Suzuki Intruder.
Outro aspecto que curti foi o conjunto guidão e painel. Simples, essencial e único.
Ou seja, você vai gostar dessa moto ou odiar com todas suas forças. Mas ter personalidade é isso. Ela combina em tudo com o dono e com o criador: desde a pegada Rat, do uso dos shapes de skate e dos faróis assimétricos, que são características das criações do Madreas, que ao mesmo tempo combinou com o estilo de vida sk8ter do dono, que também é fissurado em desenhos animados e mesmo a escolha pela proposta tracker, que combina com o estilo de vida felino, que é de ficar saltando por ai... tudo a ver!

Ou seja, se você gostou ou não, pouco importa. Ela é um "foda-se" aos padrões. Então, me resta dar os parabéns ao Madreas e que ele continue nos surpreendendo!

7 comentários:

  1. hahaha, ficou uma jóia! Que tanque é este? a parte frontal do quadro, ou o tanque foi modificado pra ficar reto? porque o quadro da dt tem uma inclinação ali, né? Tenho uma dt200 e já pensei em fazer mil coisas, mas sempre desisto quando começo a pensar nos detalhes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tanque se não me engano, e acabei esquecendo de mencionar, é de uma Intruder 125, se não me falha a memória.

      Excluir
  2. Soluções bastante interessantes.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou dos que torcem o nariz. Entendo que a moto tem personalidade, tem uma boa história e tudo mais...
    .
    Em se tratando de criatividade, o que me chamou a atenção foi o guidão (embora pela foto pareça uma solda bem feia - talvez a ideia fosse essa, vai saber...) e a forma que é fixado e tal.
    .
    Embora não goste do estilo, eu sou daqueles que sempre vai parabenizar qualquer um que tenha atitude de personalizar (de fato) sua moto. Mas personalizar de verdade, de fato. Não esses que enchem a moto de penduricalhos comprado em loja de acessórios.
    .
    Enfim, parabéns ao dono pela atitude de investir grana numa personalização de verdade.

    ResponderExcluir
  4. Muito legal, também estou montando uma tendo como base uma DT180. Parabéns pelo trabalho. Abs.

    ResponderExcluir
  5. Não dá pra torcer o nariz, a moto ficou muito maneira e tem um motor bem forte. Dá pra se divertir bastante.
    Eu só trocaria a roda dianteira por uma do mesmo tamanho da traseira; 18" ou 17".

    ResponderExcluir
  6. Depois de um bom acerto fica bom!! Resistência 2 tempos!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.