sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Sexta Insana: CX 500 by Robinson´s Speedshop

As motos Honda dos anos 80, que há algum tempo eram consideradas verdadeiros "patinhos feios" cada vez mais vem sendo usadas para customizações de alto nível, devido a sua simplicidade mecânica. Um exemplo disso é a valente CX 500, moto que não temos por aqui, mas que na Europa cada vez mais ilustra os sites que tratam de customização. E essa CX feita pela oficina inglesa Robinson´s Speedshop que se chama CU 29, nome que faz referência ao Cobre do tanque e a número atômico desse material.

Repare na pegada minimalista, que suprime o velocímetro e piscas e demais tralhas. Quem dera pudéssemos fazer algo assim aqui. Mas a ideia de fazer referência a um elemento da tabela periódica não é novidade aquo na Garagem. 
No geral essa moto encanta pela pegada rat, dada pelo banho de cobre: O plano original era deixar o tanque com o acabamento do banho de cobre polido e envernizado, mas que no meio do processo resultou no acabamento que você vê nas fotos.
Mesmo sendo um projeto extremamente simples, a moto ficou extremamente leve e atraente. A moto teve poucas modificações de chassi (apenas foi adicionado um "loop") e o tanque é original. Mas foram adotadas soluções interessantes, como a bateria oculta sobre a parte inferior da balança de suspensão, a elétrica que foi bem oculta sobre o banco ou mesmo os pneus Firestone Chunky Deluxe de medidas mais "gorduchas" que o habitual.
É uma pegada que flerta entre o Cafe Racer, o Bratsyle e com o look "Rat, pero no mucho" que combinado com o preto, agrada por dar destaque ao que importa. É uma daquelas motos que agrada tanto ao se olhar, como possivelmente no rodar, visto pela boa posição de pilotagem. Eu gostei muito mesmo desse projeto e tem muito a ver com o que penso para fazer para mim.
A matéria original é do The Bike Shed, onde você também pode conferir outros excelentes trabalhos feitos pela Robinson´s Speedshop. O caras são bons mesmo.

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.