quarta-feira, 3 de setembro de 2014

CB 400 Cafe Racer by Gustavo Sperotto

Uma das coisas mais gratificantes nesse tempo que venho tocando o Garagem Cafe Racer é ver que o trabalho aqui feito serviu para estimular muitos a construírem suas motos, como o caso dessa bela CB, feita pelo Gustavo Sperotto, de Bento Gonçalves, RS. Essa CB é um projeto simples e com certeza servirá de inspiração e (talvez receita) para muitos daqui pra frente.

O bacana é que esse projeto ficou com a pegada dos anos 60/70, sendo que um não conhecedor, pode jurar que essa moto é original daquela época. E tudo isso com modificações simples e bem pensadas, sem ter que mexer na estrutura de chassis, por exemplo.
Por exemplo, uma das sacadas desse projeto é usar diversas peças da linha Honda de época, dando esse ar de moto de linha. O tanque é de CB 500 Four. Repare que os piscas e lanternas são os da CG 125. O banco também é de CG, mas foi redesenhado. Da linha Honda o Gustavo usou uma capelinha que ganhou (segundo o Gustavo, de CB 360 provavelmente). Ela combinou perfeitamente com os relógios originais da CB, mas que tiveram a capa de plástico removida. Parecem que saíram da fábrica.
O guidão foi feito pelo próprio Gustavo, e é inspirado na Triumph Thruxton. Repare também no suporte de farol, que ajuda a "baixar" a frente excessivamente alta da CB original.
Ainda podemos perceber que nesse projeto houveram escolhas acertadas: Os aros são de alumínio, com pneus Maxxis nas medidas 120/90 no traseiro e 90/90 dianteiro. Ainda na parte das rodas, os cubos são os da CB 400, mas usam o esquema de flanges. Os para-lamas são de Suzuki Intruder. A elétrica da CB com a bateria apenas foi deslocada mais para trás, sendo parcialmente ocultada pelo chassi da moto. Os escapes são de inox e foram feitos conforme o gosto do dono. No geral, uma excelente receita.
O projeto do Gustavo, que foi feito em parceria com o Preto, da oficina Motogrid, de Bento Gonçalves, serve como referência, talvez a receita mais simples de se transformar uma CB 400 em uma Cafe Racer com pegada clássica, mas sem ir longe demais nas modificações. Uma moto que vai marcar o movimento Cafe Racer no Brasil pela sua simplicidade, com certeza. 

13 comentários:

  1. Belo projeto e de muito bom gosto.

    ResponderExcluir
  2. Impressionante como um projeto pode ser ao mesmo tempo tão simples e tão bem pensado.
    Muito bacana mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom. linda. Que tanque é esse? E a bateria, pra onde foi?

    ResponderExcluir
  4. Valeu pessoal. O tanque é de CB500four, a bateria está embaixo do banco, escondida por parte do quadro. Por onde passa, esta moto atrai alguns olhares e comentários. E ficou muito legal de pilotar, com um barulho do motor twin bem bacana. Gustavo S.

    ResponderExcluir
  5. Meu caro colega. Se vc puder mandar as fotos do esquema da bateria seria otimo, fotos sem o banco ou coisa do tipo.

    ResponderExcluir
  6. Esses paralamas são da Intruder 250?

    ResponderExcluir
  7. onde por favor esta a bateria dessa moto ?

    ResponderExcluir
  8. Belíssima máquina, o estilo regressou no túnel do tempo.
    Vou me inspirar nesse projeto!

    ResponderExcluir
  9. Os Paralamas são mesmo de Intruder. A bateria está embaixo do Banco, parcialmente oculta pelo quadro. Gustavo S.

    ResponderExcluir
  10. Ficou linda, estou montando um projeto 400 four para mim.
    Abcs a todos

    ResponderExcluir
  11. o Paralamas traseiro é o da intruder, tenho a impressão que encaixou perfeitamente... poderia dar mais detalhes?

    ResponderExcluir
  12. Nossa eu queria ter várias motos nesse estilo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.