sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Sexta Insana: CB 400 by Imbarcadero14 Venice

Vou começar pelo fim: Não gostei muito dessa moto. Mas da mesma forma, seria um crime que essa CB 400 com o nome "Fuck the Factory", feita pela oficina italiana Inbarcadero 14 Venice não estivesse aqui. Maquina cheia de personalidade e uma ótima fonte de inspiração, pois esbanja personalidade.

Até já tinha visto essa moto no Cafe Racer Brasil, mas no primeiro momento,  nem dei muita bola. Mas é inegável que esse aspecto "foda-se a fabrica" transpira em cada linha. Eu não gostei do tanque. apesar de lembrar o dessa CB, não me agrada. Mas meu gosto que se foda... as imagens nesse caso dizem tudo.
Mais imagens no Rocket Garage.

8 comentários:

  1. Vou começar pelo fim: Não gostei NADA dessa moto.
    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei da personalidade, apesar que o tanque não me agrada. Mas a frente, escape e mesmo rabeta ficaram bacanas, dando um ar bandido a moto.

      Excluir
  2. vc falou tudo ela tem um ar bandido....

    e foda se a fabrica!!!

    kalom.

    ResponderExcluir
  3. Realmente é muito difícil explicar o que senti ao ver essa motoca, num primeiro instante a unica coisa que consegui descrever foi um o imenso sentimento de repulsa. Me vi por vários momentos me perguntando o que nesse projeto não me agrada.

    O por que que eu não consigo gostar desse tanque?
    Por que eu continuo achando que outro tipo de pneu ficaria menos deslocado em relação ao conceito utilizado no garfo e no guidão?
    Por que o painel de leds na rabeta me agride tanto?
    Por que eu não achei legal um conjunto de escape tão diferente?

    A resposta é bem simples, como todo apaixonado por um estilo eu estou preso demais aos conceitos que me agradam apenas os meus olhos, ou em outras palavras estou ficando chato!

    Tentei ser o mais imparcial possível e deixando os meus preconceitos de lado analisei cada detalhe que as fotos podiam me proporcionar, e confesso que essa CBzinha está impecavelmente bem construída e que aquela primeira impressão está aos poucos indo embora.

    Como um bom entusiasta pensei em todas as alterações que poderia fazer para na mesma, pneus mais off-roard, tanque com formas mais suaves, etc.. mas logo lembrei que se fizesse do meu jeito talvez não conseguiria atender com tanto afinco a proposta do projeto.

    Então a unica conclusão que consigo chegar é que, por mais que não me agrade, essa motoca merece todo meu respeito.

    ResponderExcluir
  4. Fabio Henrique, gosto de ver alguém que escreve bem e sabe de argumentação.
    .
    O caso é que essa frase resume bem a diferença entre gostar de algo que é esteticamente agradável ao nosso próprio gosto e saber admirar o esmero do trabalho que foi feito pelo artista. Em suas próprias palavras: "está impecavelmente bem construída".
    .
    Eu sei diferenciar um trabalho esmerado, aplicado, cuidadoso, de um cujo resultado que me agrade. Essa moto não me agradou - o que não faz a menor diferença, afinal, não foi feita pra mim. Mas de fato foi muito bem feita. Esse é o ponto.

    ResponderExcluir
  5. Já tive uma mesma motocicleta dessas é raro ver alguém com ela hoje em dia

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.