quarta-feira, 1 de julho de 2015

CB 400 by Renan Braido

Escrevo a pouco mais de 2 anos aqui no Garagem e confesso que o salto no nível dos projetos custom da nossa cena é incrível. A prova disso está aqui no blog: Basta comparar os projetos que postei no início do blog com os atuais, se nota a enorme diferença. Desde projetos usando motos caras e raras com peças top de linha ou mesmo em projetos mais simples, usando a CB 400 ou mesmo a CG 125 como base, se vê maquinas dignas de figurarem lá fora, em sites referenciais. 
Essa CB do nosso amigo Renan, da Bud´s Motorcycles figura na segunda lista, mas não deixa de ser um grande projeto: Usa algumas coisas que temos facilmente a mão (por exemplo o tanque de CG bolinha) com outros um pouco mais difíceis, como a capelinha de luzes espia da CB 750 four (essa eu tb tenho!!!). O fato é que essa CB, ficou muito bem construída.
Detalhes Old School: Além da bela igrejinha da CB 750 four, os comando de luz polidos, belos punhos. Contrastam os manetes e cilindro de freio modernos em alumínio. O guidão é um Drag bar da Wing Custom
Nas palavras do Renan, o resumo da história dessa moto:
"Essa moto faz parte de um projeto antigo de lançar uma linha de peças e acessórios de customização no Brasil(...) Além disso fabricaremos motos por encomenda e tbm venderemos motos prontas, sempre de forma criteriosa. Essa CB 400 1983 que tinha 67000 km originais foi TOTALMENTE desmontada e refeita,sendo que o trabalho foi realizado 90% em casa com a ajuda do meu pai Renato Braido (quadro e todas as adaptações bem como suportes de placa, setas, igrejinha etc). 
O quadro foi cortado e foi soldada uma curva de 1 polegada. Embaixo do banco, veja a “caixa” para a elétrica.
Os cubos são os originais da CB, mas com a já conhecida formula das flanges para raiar. As rodas são 17" com pneus 130/70/17.
  Na mecânica a CB ganhou filtros esportivos, e rebaixamento do cabeçote. A descarga tem uma receita pouco usada por aqui: Abafadores de carro!
A verdade é que essa moto, fora a cor (isso não interfere no conceito do projeto, pois é questão de gosto), me agradou muito e serve como uma forte referência de fazer algo muito bacana. Eu mesmo vou fazer o meu projeto (calma crianças, pois tempo e dinheiro andam escassos para esse blogueiro aqui) com uma pegada parecida com a desse: Simples e com uma posição de pilotagem mais relaxada do que uma Cafe Racer puríssima, para desespero da turma do "isso não é cafe". E aos amigos que acompanham o blog, preparem-se para uma invasão de CB 400: Tenho pelo menos hoje, uns 4 projetos no meu e-mail que merecem estar aqui e seria uma injustiça não dar espaço a eles... aguardem, pois na próximas semanas tem coisa muito boa vindo...

19 comentários:

  1. Igrejinha, capelinha... acho que é esse o nome que eu estava precisando.
    .
    Vou ver se acho esse treco pra comprar.
    .
    Quanto às CBs, o que tenho visto é que o quadro dela tem a traseira caída. Depois do tanque o quadro desce. Para um projeto CR levar um 10 com louvor, penso que deveria ser mexido nisso.
    .
    Nessa moto em particular esse detalhe não fez muita diferença porque a moto não é estilo super racing. É como o Douglas disse é mais estilo pilotagem mais relaxada.
    .
    Parabéns pela moto. Eu gostei da cor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente Rodrigo, o que pega nesses projetos com CB é o quadro caído atrás e a chapa do chassis na lateral, feia mesmo. O ideal, para um projeto com CB levar 10, como vc mesmo falou é passar a serra no chassis e refazer tudo. Porém isso tem um custo alto e na hora de legalizar, a coisa fica mais difícil. Eu considero que em muitos casos não vale a pena esses stress e custo todo: Logo ali vc acha CB 500 four...

      Excluir
  2. realmente linda !!!

    agora vc criou a curiosidade sobre oque vc tem nesta invasão de CBs !!!

    ass. jonas

    ResponderExcluir
  3. Douglas, parabéns pelo Blog.

    Esta é minha primeira postagem, mas há um ano venho acompanhando seu blog semanalmente após ter adquirido uma CB450 num rolo. Boa de mecânica e com documento em dia, mas muito, muito feia de visual.

    Foi quando pensei... e agora o que vou fazer com ela?...e assim descobri seu blog e comecei a curtir esses estilos de motocicletas, ou melhor, o conceito de montar a minha motocicleta.

    Fui buscando inspirações nos seus posts, principalmente nos de CBs.

    Enfrento o mesmo dilema, tentar “maquiar” esse detalhe do quadro das CBs.

    Estou fazendo um projeto com custo bem baixo, não especificamente por causa de economia, mas pelo desafio mesmo. Tentar chegar em algo que pode ser bacana e custo acessível. Não é fácil também, mas esta saindo, rs.

    Quanto a essa moto, me agradou pela simplicidade e pelo fato da minha estar trilhando um caminho bem parecido.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Belo trabalho, parabéns ao Renan pela moto e parabéns para você Douglas pelo Blog.

    Ah trás logo o restante dos projetos. :D

    Abs.

    ResponderExcluir
  6. Realmente muito bonita esta motoca.
    Agora a curiosidade ficou maior. Manda os outros projetos, eheheh.
    Gustavo S.

    ResponderExcluir
  7. Iniciante aqui, pensando em construir uma cb nesse estilo, porém sei soldar e tenho acesso também a quem solde para modificiar o quadro. Pra tirar esse visual de frente alta, o que é melhor? Baixar a dianteira (não queria mexer na ciclística tanto, por isso tenho medo disso), levantar a traseira ou um pouco dos dois?

    Lembrando que sou baixo, 1,70, e não gosto de moto alta, mas acredito que não vou ter problema com isso pq já acostumei com banco de 840mm de altura até.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Bonito projeto.

    Quanto a cortar o quadro, realmente é para se pensar e eu não tive coragem porque um conhecido gastou muita grana na transformação da CB e a moto "descolava" do chão quando chegava a 100km/h ... (sabemos que na realidade esse modelo modificado não é para dar pau por aí, mas convenhamos que 100 km é normal alcançar passeando por uma boa estrada) ficou estranha e desbalanceada, alinhou o chassi etc...mas o problema continuou, talvez até pelo deslocamento do ângulo dos amortecedores traseiros, mas sabe-se lá... conclusão...chateado pacas...

    Hoje há outras opções para ocultar a ponta traseira do chassi, como rabetas metálicas sob medida que ficam excelentes e escondem o final do quadro, sem alterar a ciclistica da moto.

    ResponderExcluir
  11. Bonito projeto.

    Quanto a cortar o quadro, realmente é para se pensar e eu não tive coragem porque um conhecido gastou muita grana na transformação da CB e a moto "descolava" do chão quando chegava a 100km/h ... (sabemos que na realidade esse modelo modificado não é para dar pau por aí, mas convenhamos que 100 km é normal alcançar passeando por uma boa estrada) ficou estranha e desbalanceada, alinhou o chassi etc...mas o problema continuou, talvez até pelo deslocamento do ângulo dos amortecedores traseiros, mas sabe-se lá... conclusão...chateado pacas...

    Hoje há outras opções para ocultar a ponta traseira do chassi, como rabetas metálicas sob medida que ficam excelentes e escondem o final do quadro, sem alterar a ciclistica da moto.

    ResponderExcluir
  12. Olá pessoal.
    Olha já alguns dias estou lendo esse blog e estou gostando muito.
    Tenho interesse em modificar uma cb 400/450 em uma café racer, acho essa modificação show de bola, mas estou com duvidas referente a gasto, hoje não esta fácil pra ninguém, gostaria de saber, para uma modificação simples, como tanque, bancos, farol, escape, etc... como eu disse uma modificação simples e que fique bacana, quanto em média seria o investimento?

    ResponderExcluir
  13. Oi Allysson, eu estou terminando um projeto baseado em uma CB 400 ano 82. Trabalho nela há dois anos em casa. Ela funcionava mas estava gasta. Desmontei toda. Pintura de quadro, troca de todos os retentores, rolamentos, caixa de direção. No motor, retifica de cilindros, válvulas e sedes novas, embreagem, pintura, juntas, montagem. Pintura de rodas, pneus novos, guidão, velocímetro, tanque e rabeta sob medida, pintura do kit feita em casa, limpeza e troca de reparos dos carburadores, painel igrejinha da galo. Falta ainda o acerto da parte elétrica. A moto ainda não está funcionando. Até agora , sem contar com os 2,5 mil que paguei na moto, já gastei 8 mil reais. Ainda preciso comprar bateria e pagar um mecânico para acertar a parte elétrica, que não me meto a fazer sozinho. Ainda tem 1.000,00 de documentos. Preferi não alterar a documentação para veículo modificado, que ensejaria mais investimento...se vc quiser uma café apresentável e minimamente segura, esses números.que estou dando, são b conservadores, pois fiz muita coisa com a minha mão de obra. É uma moto única e o que vale muito é o prazer de ver algo bonito surgindo para ser apreciada. Boa sorte.

    ResponderExcluir
  14. Oi Allysson, eu estou terminando um projeto baseado em uma CB 400 ano 82. Trabalho nela há dois anos em casa. Ela funcionava mas estava gasta. Desmontei toda. Pintura de quadro, troca de todos os retentores, rolamentos, caixa de direção. No motor, retifica de cilindros, válvulas e sedes novas, embreagem, pintura, juntas, montagem. Pintura de rodas, pneus novos, guidão, velocímetro, tanque e rabeta sob medida, pintura do kit feita em casa, limpeza e troca de reparos dos carburadores, painel igrejinha da galo. Falta ainda o acerto da parte elétrica. A moto ainda não está funcionando. Até agora , sem contar com os 2,5 mil que paguei na moto, já gastei 8 mil reais. Ainda preciso comprar bateria e pagar um mecânico para acertar a parte elétrica, que não me meto a fazer sozinho. Ainda tem 1.000,00 de documentos. Preferi não alterar a documentação para veículo modificado, que ensejaria mais investimento...se vc quiser uma café apresentável e minimamente segura, esses números.que estou dando, são b conservadores, pois fiz muita coisa com a minha mão de obra. É uma moto única e o que vale muito é o prazer de ver algo bonito surgindo para ser apreciada. Boa sorte.

    ResponderExcluir
  15. Olá pessoal, gostei muito do que vi nesse projeto, Lindo! Meu nome é Rudi Inácio e quero oferecer meu produto a quem possa interessar, tenho os tanques utilizados nesse modelo, novos, vendo no mercado livre, segue meu telefone, whats app, 45-9928-8135 e o link do anuncio do tanque, http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-785555226-tanque-cg-82-bolinhaml-novo-modelo-original-_JM

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.