quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

RD 135 Cafe Racer by Pedro Garbelini

Esse pequeno projeto é um daqueles certamente despertará carinho de uma geração, que assim como eu, começou sua vida sobre 2 rodas em cima de uma valente 2T.

O motor foi mantido original, mas o escape Dogster garante um pouco mais de folego. 
Esse é o caso do Pedro Garbelini, que apesar de jovem, também foi iniciado no mundo das motos por uma pequena RX 80 e segundo ele, desde novo sempre gostou da cultura inglesa e das Cafe Racer. Então nos parece ser uma escolha meio lógica usar uma pequena e ágil RD 135, que se encontra em quantidade razoável e a custos "ainda" aceitáveis. Um projeto desses sai mais caro que uma CG 125, mas o ótimo custo x benefício x performance é inavegável. 
Farol da Fazer 250. Repara na mecânica original bem ocultada pelo number plate
Então o primeiro passo foi a escolha do tanque, que recaiu sobre o tanque de RX 125, muito usado em diversos projetos Cafe Racer e que caiu como uma luva, ou quase: O quadro teve que ser mexido para o devido encaixe do tanque de RX.
Algum trabalho para encaixar o tanque no quadro da RD
Com o desafio do quadro superado, o próximo desafio e também mérito desse projeto foi a excelente proporção entre o tanque x moto x rabeta. Tudo está agradável aos olhos, sendo que para isso o chassi foi modificado no seu final e a rabeta foi confeccionada como se deve fazer: Ela é o complemento e não a peça que deve chamar mais atenção no projeto.
Chassi adequado e piscas bullet
Complementando a rabeta, o escape foi escolhido com o  objetivo de ficar apontado para cima, e que tivesse comprimento mais alongado. O único modelo que atende essas características é o da marca Dogster, feito para RDZ 135. Para este servir,  foram instalados na RD o par de bacalhau e pedal de freio da RDZ.
Outro detalhe muito bacana nesse projeto foi o painel comprado no eBay: muito charmoso e dá um toque de modernidade nesse projeto com pegada bem rustica, dada em especial pelo visual dark.
 Um dos poucos detalhes que escaparam da filosofia "paint it black".
Semiguidão da marca Bullet e belos punhos e espelhos: Boa escolha nos "periféricos". 
Criador e criatura
As RD´s por bastante tempo pareceram um pouco deixadas de lado em comparação a outras pequenas motos. Mas aos poucos, com projetos como esse, a cena custom começa a perceber que uma 2T é uma excelente opção para se divertir muito com um baixo investimento.

20 comentários:

  1. Muiiito obrigado por postar a moto aqui no site! fico muito feliz mesmo, antes de montar ela entrei aqui varias vezes para ter ideias e hoje ver ela aqui é muito legal mesmo!

    Abraçao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro,
      Primeiramente parabéns pelo belo trabalho!!!
      Comprei uma rd 135 em estado lastimável (porém funciona e muito bem kk) e vou fazer uma CR.
      Vi que executou um trabalho no quadro para deixá-lo plano. Poderia descrever o trabalho executado? Ou dar uma dica de oque serrar e oque preservar?

      Muito Obrigado!
      Otavio

      Excluir
    2. Pedro,
      Primeiramente parabéns pelo belo trabalho!!!
      Comprei uma rd 135 em estado lastimável (porém funciona e muito bem kk) e vou fazer uma CR.
      Vi que executou um trabalho no quadro para deixá-lo plano. Poderia descrever o trabalho executado? Ou dar uma dica de oque serrar e oque preservar?

      Muito Obrigado!
      Otavio

      Excluir
  2. É isso aí. Mais 1 vez o trabalho duro vence o dom natural!! Com força, dinheiro, e muito foco o Pedrão fez um maravilhoso trabalho nessa RD135 da Yamaha! Quem lembra da RD 350 famosa Viúva Negra uahhsuahs aquela era temida e é temida. Mas na época de 2010auhsuha ainda era uma lenda kkkk

    ResponderExcluir
  3. Moto maravilhosa e com acabamento acima do normal! Muito Bom!

    ResponderExcluir
  4. Ficou simplesmente maravilhosa. Muito bom gosto. Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Bacana esse estilo tem ganho muita força aqui no Brasil...virei adepto a minha esta chegando lá...com muita modéstia...parabéns pelo projeto e trabalho muito bem executado.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, muito bom gosto.

    ResponderExcluir
  7. De fato, se o sujeito quer uma moto pequena pra deixar com cara de cafe, qualquer uma serve; agora se quer deixar com cara de cafe e com "pegada" cafe, não vejo outra opção senão as boas e velhas (e queridas) yamahas 2 tempos.
    .
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Pedro e Douglas, está de parabens a materia!! Estou namorando uma rd 135 para um projetos desses e entrei hoje no blog e dei de cara com essa obra! acho que é um sinal! Se você me permite, serei obrigado a roubar algumas das suas ideias que ficaram otimas no conjunto! Abraço e obrigado! Cadu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em breve teremos mais RD por aqui... aguarde!

      Excluir
    2. se precisar de algo, entre em contato comigo! abraços

      Excluir
  9. Cara... sensacional! parabéns pelo projeto!

    ResponderExcluir
  10. Só que ela é uma RDZ e não RD. Tem os suportes de pedaleiras recuados.

    ResponderExcluir
  11. hola no se hablar en portugues pero me gustaria saber cuantos centimetros fue alargada en la horquilla trasera de la moto!!! gracias muy linda moto

    ResponderExcluir
  12. Amigo, que painel é este? Gostei demais dele e gostaria de adquiri-lo. Vi que foi comprado no ebay mas tem como nos dar mais informações??

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.