quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Honda CB 250 1976 - Blackbean Motorcycles

A alemã Blackbean Motorcycles ainda é desconhecida do grande público amante das customizadas comparando-a com uma Old Empire, Uma Deus, uma CRD, etc.
Mas se depender dos seus projetos mais recentes, em especial essa CB250 que mostro-lhes hoje, logo, logo serão uma uma customizadora das mais célebres.
Motor 2 cilindros bonitão
Obviamente a base é ótima, uma CB 250 ano 1976, muito diferente da maioria das motos que temos aqui, é uma base mais "amigável", mas ainda sim é uma moto velha, portanto a primeira ação foi uma revisão completa no motorzinho de 2 cilindros.
Tanque pintado num belo tom de verde com o logo da Blackbean Motorcycles
O processo seguinte foi o de atualização, como o do sistema elétrico, e a customização em si.
O belo tanque é original da moto e igual ao da CB 360 que ganhou uma nova pintura e o logo da Blackbean impresso em relevo.
O belo conjunto com o banco, quadro, setas e lanternas
O banco é uma bela peça encapada com couro marrom envelhecido que acompanha o chassi retrabalhado. Chassi este que é sustentado por duas belas e modernas molas com regulagens.
Toda a instrumentação é muito bem acabada e com peças bonitas
Os garfos subiram alguns centímentros e a moto ganhou um semi guidão para uma posição de pilotagem mais agressiva. Manoplas novas e piscas de ponta de guidão, que são peças que acho muito elegantes embelezam o cockpit.
Um belo conjunto sem dúvidas
O farol e para lamas dianteiro são peças bonitas, mas que para o meu gosto são o único ponto que eu alteraria com certeza. Não gosto desse tipo de farol bullet enorme e para mim não combina com o perfil delgado da moto. O para lamas também, é muito grande e com certeza tiraria uma grande porção da parte inferior do mesmo.
Escapes e pneus clássicos
A seta traseira é diferente da dianteira, não só por conta do óbvio ponto de fixação, como também pelo modelo utilizado e estão à frente das molas traseiras. As lanternas também são diferentes do usual, sendo duas peças uma de cada lado e próximas das setas, algo parecido com o modelo de lanterna que equipa as Harley's 883, mas sem o pisca integrado.
Suporte de placas na lateral com design interessante
Os pneus são os clássicos e cobiçados Firestone Avon que embelezam qualquer projeto. A moto também teve as pedaleiras recuadas e o suporte de placa deslocado para a lateral da moto. A bateria foi realocada para a parte inferior do motor, ficando quase invisível.
Com certeza merece uma bela sessão de fotos. Arte sobre rodas (Eu sei, é uma frase cliché...)
Há muitos detalhes nessa moto para se apreciar e é seguro dizer que este é um projeto belíssimo e de muito bom gosto.
Espero ver muitos outros projetos da Blackbean Motorcycles. Inspiração pura!

2 comentários:

  1. Realmente esse farol definitivamente "puxa a nota para baixo"; extravagante, estranho, feio.
    .
    O paralama poderia ser melhor, mas, pelo menos, não é extravagante/chamativo (eu cortaria pela metade a parte posterior).
    .
    Entendo a lógica de embutir o velocímetro na caixa do farol. Teoricamente isso seria o mesmo que "compactar"; deixar o visual mais "clean". Acontece que é contraditório compactar aumentando grandemente, e necessariamente, a dimensão de um dos componentes do conjunto - notadamente, a caixa do farol, que ganhou vários centímetros de comprimento. Uma solução anti estética na minha opinião.

    ResponderExcluir
  2. já tive algumas Motos  da marca até mesmo do mesmo modelo não tem o que reclamar

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.