segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Metendo a serra se pode tudo: Honda Tornado 250 by Vida Bandida

Essa é uma daquelas motos que quando você vê, um palavrão sai da boca sem muito controle. O que pode ser constrangedor caso esteja  jantando com a sua vó, mas é algo quase inevitável. E convenhamos, o grau de execução desse projeto merece um largo repertório de palavrões, de tão bandido que ficou. Tão bandido, que o nome da oficina não podia ser outro: Vida Bandida Motocicletas, de Córdova na Argentina.
As formas quase beiram a perfeição: Um longo retrabalho no chassis foi feito, recriando o chassis com linhas mais clássicas e retas. Junto a isso, a moto ganhou tanque, amortecedores e farol de Harley Davidson. As rodas agora são aro 16".
Esse projeto nos mostra, que tendo coragem e paciência pra legalizar, as Honda 250 são ótimas bases para customizar: mecânica e elétrica simples, preços acessíveis e o fato de poder usar a moto sem nenhum dó de estourar o motor, pois ainda é algo fácil consertá-las. 
Escape lindo e literalmente bandido... abaixo, o banco bem acabado. Um pouco longo na minha opinião, mas em prol de alguma funcionalidade.
Repare como a motoca ficou baixinha e longa. Gosto dessa receita.
Essa motoca na minha opinião de certa forma divide águas entre o que já foi feito com as Hondas 250. Acho que daqui pra frente, uma pancada de projeto será inspirado nessa motoca! Para ver mais, confira no Return of Cafe Racers.

Bônus:

Dando uma olhada no instagram da Vida Bandida também vi outro projeto usando uma Tornado. Meu número!

3 comentários:

  1. Muito maneira mesmo!!! Linda moto! O segundo projeto também me agrada mais, com uma pegada mais tracker/scrambler, sei lá...
    Essa questão da importância do visual é muito complicada...
    A julgar pelo meu projeto atual, que é o de uma CB400 modificada (não vou nem dizer se é café/brat/tracker/scrambler), inicialmente eu quis fazer e fiz uma café racer...
    Maaaaaas... considerando que a frente tem que ser baixada um pouco pra dar o visual horizontal típico das café racers e/ou a traseira levantada, em conjunto com os semi-guidões, faz com que a ergonomia do piloto fique muito prejudicada e impossibilita passeios mais longos, o que eu particularmente acho muito ruim...
    Então acabei mudando tudo... estou terminando de transformar uma CB café em uma CB tracker...
    Comecei trocando o guidão por um guidão convencional de XR200... depois levantei a traseira com amortecedores de XL125... agora estou refazendo a traseira, com paralamas, suporte de placa e banco... acredito que agora vou usar a moto com mais prazer...
    Abraço!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.