segunda-feira, 18 de junho de 2018

GS 500 Modern Classic - Frateschi Garage & Space Apes

As vezes as coisas vão além do que imaginamos. Especialmente quando falamos de motos customizadas. E é o caso dessa GS 500, feita em parceria da Space Apes e da Frateschi Garage.

A moto inicialmente era um projeto do Leandro Ota, da Space Apes. Nesse projeto, o papel dele foi desenvolver toda a parte de carroceria, incluindo a carenagem de farol, para-lamas e rabeta e o design do paint job.
Design do Leandro Ota. O Banco é assinado pelo Pedrinho Bancos.
A moto no geral com essas modificações já estava bem bacana. Mas depois de passar em algumas oficinas em busca de um acerto mecânico melhor, o Leandro e o Gabriel Amato, que é o dono da moto, resolveram procurar o Renato Frateschi para finalizar o projeto. Mas o Renato só aceitou se pudesse acrescentar o toque pessoal dele. Para os conhecedores do seu trabalho logo, vem a mente o que seria feito.
Render do projeto após as propostas do Renato Frateschi
A ideia proposta pelo Renato era um upgrade grande em rodas, freios e suspensões, prontamente aceitos pelo Gabriel e Leandro. A brincadeira atingia níveis insanos...
Na parte traseira a moto ganhou uma balança de moto Triumph, que teve que ter um longo processo de desenvolvimento e tornearia para casar certinho no quadro da GS 500. 
O quadro elástico de alumínio assimétrica na traseira, com amortecedor SHOWA hidrogênio com regulagem. Isso levou a uma fabricação de coroa especial e um contracheque especifico para deixar a corrente DID em perfeito alinhamento.
Na frente alteração foi grande: Bengalas invertidas na dianteira da COMET (que tem peso e porte similar a GS 500). 
Nos freios, na frente temos freios duplos de 2 pistões cada na dianteira. Todos alimentados de DOT 5.1 por Aeroquip e terminais anodizados. 
Na traseira há uma pinça Brembo. Repare que o escape 2x1 se aproveita do espaço da balança assimétrica para tornar a moto mais compacta. Bela sacada!

As rodas são 17" de aluminio, sendo 17x250 na dianteira com aro e cubo de alumínio, discos duplos de 300mm cortados especialmente neste desenho, Na traseira ela usa 17x425, com disco Brembo. Ambas com pneu Pirelli, com medidas 120x70x17 por 160x60x17  
Renato e Leandro trocando ideias sobre o projeto
A moto recebeu inúmeros upgrades menores, que por hora me limito a citar aqui, pois a matéria seria praticamente um tratado sobre customização... mas vale citar que a moto foi revisadas por completo e é usada diariamente. É extremo o cuidado com o acabamento que ambos customizadores aplicaram a este projeto. No caso do Renato, esse cuidado já da sua primeira criação: Uma CB 500, talvez a minha preferida, das que vi.
E a partir desse primeiro projeto, o Renato tomou coragem e largou o seu cargo de executivo em uma multinacional, para viver o seu sonho de criar motos. Uma história que na maioria das vezes poderia ser chamada de burrada, mas no caso de nosso amigo, o seu talento aliado ao know-how do mundo dos negócios fez que a Garagem Frateschi seja uma das melhores oficinas da América Latina.
E nessa terça você pode conferir pessoalmente um pouco dessa história, no evento do Motocultura e do Garagem Cafe Racer no LM09, bar super bacana da Capital Paulista. IMPERDÍVEL!

6 comentários:

  1. Parabéns pelo post, e ao Renato, sei quão difícil é achar customizador ousados que se aventuram em fazer motos com cb500, e gs500, por conta de seu chassis duplo. Tenho uma cb500 e o sonho de transforma-la em uma café racer, porém não tenho nenhuma experiência, mas essas duas criações servem de muita inspiração para mim!

    ResponderExcluir
  2. O render ficou espetacular, pena que a moto não tenha ficado exatamente como o projeto, motor preto fosco, pinças pretas, rodas vermelhas... mas enfim, nem sempre conseguimos deixar como pretendemos, de qualquer forma a moto ficou muito bonita.

    ResponderExcluir
  3. Tem moto/base que não dá!!! Quando a base é ruim, não há trabalho bom que salve. É como você querer que um maquiador profissional pica-das-galáxias transforme uma Regina Casé numa Gisele Bündschen... simplesmente NÃO DÁ!!!

    ResponderExcluir
  4. galera, se puderem me ajudar, gostaria de saber como fazer essa modificação na roda, ja tenho os aros 17x2,5 e 17x3,5, gostaria de saber qual a mudança na roda traseira da moto se faz necessaria. qual cubo, e conjunto de tração usar pra poder fazer essa mudança. Desde ja fico grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos 2 querendo saber... =D se puderem me ajudar tb fico muito agradecido.

      Excluir
  5. Vocês tem alguma matéria sobre a Cb500 azul?

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.